Visto que as infecções fúngicas são normalmente mais resistentes e mais difíceis de tratar que o pé de atleta, pode ser necessário recorrer a tratamento anti-fúngico oral e tópico.

Depois da infecção ser eliminada, deve-se tomar medidas para prevenir recidivas.
Manter os fungos sob controlo irá evitar que uma infecção fúngica da pele reinfecte a unha. Antes de dormir, lave e seque bem os seus pés e aplique o tratamento que lhe foi aconselhado ou um creme apropriado para regularizar a pele e hidratá-la.
Manter os pés secos é a melhor forma de prevenção.

Outros conselhos:
- Não partilhe corta-unhas ou outros instrumentos com ninguém.
- Não partilhe meias ou calçado.
- Tente não ferir o dedo/unha devido a um corte demasiado curto (pode ser origem de infecções)
- Utilize meias de algodão secas, e mude-as 2 ou três vezes ao dia, se necessário.
- Use calçado seco que permita que o ar circule (calçado apertado, fechado e húmido contribui para infecções fúngicas das unhas)
- Utilize chinelos apropriados em piscinas e chuveiros públicos.

Prevenção
Siga o guia de cuidados básicos e terá uma probabilidade considerável de evitar as patologias fúngicas mais comuns.

Inquérito

Tem, ou já teve dores nos pés? Em que local?

Facebook